Carregando...

ÁGUA

English

A água potável é um recurso imensamente precioso. Sem água não há vida.

O Problema
A água está sendo usada como uma mercadoria barata e está sendo poluída de forma imprudente. A poluição de plásticos e microplásticos está ameaçando a vida marinha. A mineração e o uso de combustíveis fósseis envenenam os nossos rios, lagos e oceanos. Outros fatores poluentes são:
-Os escoamentos de água, que transportam sedimentos, nutrientes e pesticidas dos campos agrícolas para as águas superficiais e subterrâneas
-A indústria de transporte e cruzeiro
-A descarga de resíduos e a gasolina utilizada.

Sabia que?
Para produzir 150 gr de hambúrguer de carne bovina, são necessários 2350 litros de água, um hambúrguer de soja com apenas 158 litros e um hambúrguer vegetariano ainda menos.
Um filtro de cigarro contamina até 200l de água.
Um navio porta-contêiner polui tanto quanto 50 milhões de carros poluem. Mais Informação

SOLO

English Solo saudável (rico em minerais, artrópodes, organismos vivos) significa pessoas saudáveis.

O Problema
O solo é contaminado principalmente por: -Despejo de resíduos químicos (acidentais ou deliberados)
-Atividades de fundição e processos de fabricação, resultando na possível dispersão de contaminantes.
Atividades de mineração, construção, transporte e agricultura, esta envolvendo a difusão de herbicidas, pesticidas, inseticidas, fertilizantes e o armazenamento de resíduos em aterros sanitários.

Sabia que?
-Quase todos os antibióticos que tomamos para nos ajudar a combater infecções vêm do solo.
-Existem mais microrganismos em um punhado de terra do que pessoas na terra.
Demora 500 anos para produzir pouco menos de 3cm de solo superficial,(a camada mais produtiva do solo).
O solo está no fundo da cadeia alimentar, mas é a pedra angular da vida na terra. Mais Informação

AR

English

Todos nós compartilhamos ar. A poluição do ar está afetando a qualidade de vida.

O Problema
As emissões e os gases de escape de motores, de fábricas de energia que queimam combustíveis fósseis, como petróleo e carvão, de refinarias são os fatores poluentes mais importantes.
Os pesticidas e herbicidas usados na agricultura, bem como os gases liberados pelo gado, as partículas libertadas pelas operações de mineração e a queima de resíduos, bem como os incêndios florestais, são igualmente problemáticas.

Sabia que?
Um voo entre NY e LA gera 10% dos gases de efeito estufa que um carro emite durante um ano inteiro.
Um único navio porta-contêineres pode causar tanta poluição quanto 50 milhões de carros.
Uma geladeira inadequadamente reciclada produz tanta poluição quanto um carro dirigido por 17.000 km em um ano.
Uma pessoa respira cerca de 16 kg de ar todos os dias. Consumimos 0,7 kg de alimento e até 2,3l de água por dia. Mais Informação

SIM A MENOS É MAIS!
SIM PODEMOS ...

  • consumir menos e apenas o que e quanto for necessário.
  • viajar conscientemente: combinar compromissos e viagens, caminhar ,mais, usar transporte público sempre que possível.
  • comer menos carne e laticínios.
  • iluminar e aquecer apenas os espaços necessários.
  • desliguar aparelhos, luzes e computadores.
  • comprar alimentos não processados e não embalados sempre que possível.
  • comprar produtos sazonais, orgânicos e locais e apoiar os agricultores perto de nós comprando diretamente
  • comprar roupas em segunda mão e apoiar sua instituição de caridade local.
  • dar roupas, sapatos, eletrodomésticos, computadores etc. para caridade ou vender.
  • pensar antes de imprimir.
  • reabastecer cartuchos de impressão, canetas, garrafas de água, lápis etc.
  • produzir seu próprio iogurte, kefir, schampoo, limpador de casa, loção para o corpo, pasta de dentes etc.
  • descubrir deliciosas receitas veganas e inspirar outras pessoas
  • filtrar a água potável com um filtro de carvão ativado em sistema fechado ou beber água da torneira
  • usar lenços de tecido e guardanapos (podemos até fazê-los com lençóis de cama velhos)
  • usar cuecas de período (como thinx ou ooshies)
  • comprar bebidas em garrafas de vidro ou faze-las
  • pressionar por mudanças fundamentais na política para uma vida mais sustentável
  • votar em políticas que abandonam a estratégia de crescimento puro e priorizam uma estratégia de sustentabilidade
  • lembrar-nos que tudo e todos contam
  • encontrar muitos outras ideas no Pavilhão do Conhecimento
  • Tem outra ideia?
  • Por favor, envie para mim. Obrigado por compartilhar!

Sobre o iLAND

O iLAND traz a lume os problemas ambientais mais urgentes. O iLAND verde mostra imagens aéreas, como desertificação e cheias, monoculturas ou exploração mineira. O iLAND mais colorido mostra imagens de infravermelho dos problemas actuais e a sua evolução (recuperação ou degradação)

Free Website Template by Free-Template.co

Consciencializa-te

E se o mundo fosse uma ilha e tu fosses forçado a viver nela? Sentirias a urgência de adoptar um estilo de vida sustentável se as florestas fossem queimadas, a indústria e a agricultura estivessem a poluir o seu jardim? A maioria dos problemas ambientais que causamos afectam comunidades mais pobres que vivem longe. Esquecemos Fukushima, porque não afectou directamente o peixe que chega à nossa mesa e continuamos a respirar o mesmo ar quando abrimos a porta. Mas até quando? As duas versões do iLAND mostram os vários problemas ambientais que também são NOSSOS. O iLAND quer mostrar os problemas de forma mais visual porque existe muita informação, mas muito pouco nos toca. O iLAND inspira-nos a viver de forma mais sustentável. Gastar menos – viver mais!

Regina Frank The HeArt is Present

Image

The HeArt Is Present

O passado é história, o futuro um mistério e o presente uma dádiva. É por isso que lhe chamamos presente.

O lema de Regina Frank “The Heart is Present” foca-se na HeArt (no coração): indo mais fundo no presente da presença e no presente dos artistas. A linguagem visual da artista, traduzida sobretudo em textos e têxteis, revela um processo de mediação da exploração de conexões interiores e exteriores, bem como questões ambientais, culturais e espirituais. A sua obra abrange a tensão entre o virtual e o real, o analógico e o digital. Regina Frank tem investigado o software social e a instalação de software para a Agência Ambiental Alemã, desde 2004. Nos últimos 28 anos tem desenvolvido uma série de performances inéditas: trabalhos de longa duração concluídos em diferentes fases.

Texto de Lori Waxman para documenta 13

Image

Presente em

Museus, universidades, entidades públicas

Regina Frank já mostrou a sua obra na Europa, EUA e Ásia, com projectos completos no Novo Museu de Arte Contemporânea de Nova Iorque, na Serpentine Gallery em Londres; no MOCA, em Los Angeles; no Cultural Olympics, em Atlanta; no Spiral Wacoal Art Center, Tóquio; no MOMA, em Sapporo; no Museu de Arte de San Diego; na Universidade Chienku Technology, Taiwan; na Expo 2000; na UBA e na UNESCO, em Paris; na Live 4 Guangzhou, China; na Inf’raction, Sète, França e Veneza. Em 2017 desenvolveu a Slowdown Runaway, para o London Artfair. O seu mais recente projecto iLAND foi exibido no MAAT (Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia), em Lisboa; na Kunsthalle Faust Hannover; na TheNewArtFest18; na Web Summit e no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC), em Lisboa, e na BioArt, em Seoul, Coreia do Sul.

Image

The Artist Is Present

História

Durante 21 anos, Regina Frank denominou a sua obra “The Artist is Present” e publicou vários livros e catálogos com este título em 1998, 1999 e 2001. Depois de Marina Abramovic adaptar o mesmo título em 2010, Regina Frank decidiu mudá-lo para “The HeArt is Present”. Trabalha com tapeçaria, pintura, escultura, instalação, colagem e performance. A obra de Regina Frank combina texto, tecnologia e têxtil e tem sido destacado desde o início dos anos 1990 em vários livros de História, revistas de arte, jornais e revistas como a Vogue, Harpers, Parade, Cosmopolitan, AvantArt, Sculpture Magazine, e na ráadio da Universidade de Yale. Em Portugal já foi entrevistada pelos jornais Observador, e Publico.

Aqui está o site de Regina Frank ...

Instalações Anteriores

Contacte-nos

Pavilhão do Conhecimento
Largo José Mariano Gago nº1, 1990-073 Lisboa

No HeArt is Present, o nosso objetivo é proporcionar uma experiência especial, convidar a interação, discussão e intercâmbio interdisciplinar com pessoas de todas as origens. Apresentamos informações com beleza, tecnologia de pontes e trabalhos manuais, além de ciência e arte. Criamos arte que inspira o espectador a perceber, repensar e reconsiderar os problemas humanos atuais. Criamos a arte como um lembrete do artista dentro de nós e das mudanças que podemos fazer cada um.
Utilizamos diversas mídias, desde AR até texto e têxtil, para desenvolver conceitos que tornam os problemas tangíveis e, portanto, afetam você.

David Avelar (cE3c - Centre for Ecology, Evolution and Environmental Changes) pela revisão e sugestões sobre os textos.
Rosalia Vargas (Director) for inviting me to be Artist in Resident at the Pavilhão do Conhecimento, Amilton Morreira (Managment) translations and generous advise, Carla Afilhado Martins (Environmental Geography), Clara Slawik (Enviromental Psycholical Strategy), Peter Treffler (UBA, Germany: Environmental Data Analytist and Information Organization), Prof. Gaspar Barreira (Physisist, Advisor), Graça Romano (Artist/ Assistent), Basil Belime (Environmental Engineering), Elisa Ochoa (Curatorial Advice), Arthur Clay (Artist, AR), Antonio Pedro Ferreira (Artist, Photography), Joao Feliz Barreira (Psychology), Sofia Frank de Morais Barreira (User-friendly interface) ALIANÇA ANIMAL, Desafio Vegetariano, Projecto Escola Vegana, Pistácio Vegan Store and Evergreen vegan wine from PARRAS WINES, the GO´s and countless NGO's for your loving support in the goal to foster a cleaner safer and sustainable future.